-

Parceiros e convênios Sinconsete
SINCONSETE
SINCONSETE
SINCONSETE

 


Justiça do Trabalho concede rescisão indireta a trabalhador que foi dispensado por justa causa por não concordar com a alteração unilateral de seu horário de trabalho

16/11/2020



   

Ao julgar o processo nº 1000830-70.2019.5.02.0302, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo acolheu a pretensão de um empregado que foi dispensado por justa causa, sob a justificativa de ter abandonado o trabalho por discordar com a alteração do horário de sua jornada.

No caso, o trabalhador pleiteou a exclusão da justa causa, bem como a rescisão indireta do contrato de trabalho, ou seja, o reconhecimento de falta grave por parte da empregadora, invertendo a dispensa por justa causa.

Jornada de trabalho

De acordo com entendimento do juiz do trabalho Fábio Augusto Branda, da 2ª Vara de Guarujá/SP, a jornada do funcionário era das 7h às 13h.

Contudo, de modo unilateral, o empregador modificou por conta própria o horário para o período das 15h às 23h.

Tendo em vista que o ex-empregado detém a guarda de dois filhos menores de idade, um deles portador de síndrome de Down e que demanda cuidados especiais, sobretudo no início da noite, foi prejudicado pela determinação de seu empregador.

Diante disso, o magistrado de origem sustentou a inexistência de previsão contratual admitindo a modificação unilateral do contrato em relação ao horário de trabalho.

Ao fundamentar sua decisão, o juiz mencionou excertos da Constituição da República, da Consolidação das Leis do Trabalho e do Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Além disso, citou o art. 7º da Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, segundo o qual, em todas as ações contratuais que envolvam crianças com deficiência, deve-se considerar primeiramente o interesse do menor.

Alteração unilateral

Para Fábio Augusto Branda, o reclamante não abandonou o trabalho e não tinha intenção de fazê-lo, mas tem o direito de não concordar com a modificação unilateral de uma cláusula do contrato que causaria risco à integridade, educação e convívio familiar da filha portadora de deficiência.

Destarte, excluiu a justa causa, reconhecendo a rescisão indireta do contrato e, por conseguinte, determinou ao empregador o pagamento das parcelas rescisórias inerentes à dispensa imotivada.


Clique na imagem para ampliar.


     


Fonte: TRT-SP



Menu cadastros



Relacionadas   com   a   data:


16/11/2020 FÉRIAS COLETIVAS - INÍCIO - Quando deve ser iniciada as Férias Coletivas

16/11/2020 Receita Federal dá início a operação de integridade do CPF

16/11/2020 RESOLUÇÃO CEB N° 001 / 2020 - DISPOSIÇÕES PARA DIREITO DO ESTRANGEIRO A MATRÍCULA NO ENSINO PÚBLICO

16/11/2020 PORTARIA MDH N° 2.903 / 2020 - REVOGAÇÃO DE ATOS NORMATIVOS NO ÂMBITO DO MINISTÉRIO DA MULHER, FAMÍLIA E DIREITOS HUMANOS

16/11/2020 LEIAUTE EFD-REINF - ATO DECLARATORIO EXECUTIVO COFIS N° 067 / 2020

16/11/2020 DECRETO N° 48.081 / 2020 - MG - Altera o RICMS/MG, relativamente ao tratamento diferenciado nas operações com Etanol Hidratado Combustível (EHC), Etanol Anidro Combustível (EAC) e Etanol Outros Fins (EOF).

16/11/2020 DECRETO N° 48.082 / 2020 - MG - Altera o Regulamento do ICMS – RICMS, aprovado pelo Decreto nº 43.080,

16/11/2020 MEDIDA PROVISÓRIA COM ENCERRAMENTO DE VIGÊNCIA - ATO DECLARATÓRIO DO PRESIDENTE DA MESA DO CONGRESSO NACIONAL N° 144 / 2020

16/11/2020 PORTARIA ME N° 389 / 2020 - PAGSEGURO PLATAFORMA DIGITAL

16/11/2020 DECRETO N° 10.543 / 2020 - ASSINATURA ELETRÔNICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

16/11/2020 PORTARIA RFB N° 4.747 / 2020 - REQUISIÇÃO INFORMAÇÕES FINANCEIRA (RMF)

16/11/2020 RESOLUÇÃO SDIC/ME N° 003 / 2020 - Estabelece regras para a seleção, implantação, operacionalização e acompanhamento dos Programas Prioritários do Programa Rota 2030 - Mobilidade e Logística, previstos pela Lei nº 13.755/2018 e regulamentados pelo Decreto nº 9.557/2018.

16/11/2020 Fazer pessoa perder tempo com problema gerado por prestador gera dano moral

16/11/2020 Justiça do Trabalho concede rescisão indireta a trabalhador que foi dispensado por justa causa por não concordar com a alteração unilateral de seu horário de trabalho



     




[« Voltar]   [Pagina inicial]
-  -

BAse refetente as cidades:

Araçai, Baldim, Conceição de Mato Dentro, Cachoeira da Prata, Congonhas do Norte, Cordisburgo, Corinto, Capim Branco, Caetanópolis, Diamantina, Datas, Funilandia, Fortuna de Minas, Felixlândia, Gouveia, Inimutaba, Inhaúma, Joaquim Felício, Jequitibá, Morro da Garça, Matozinhos, Monjolos, Presidente Juscelino, Presidente Kubitsckek, Pompeu, Paraopeba, Prudente de Morais, Sete Lagoas, Santana de Pirapama, Santana do Riacho, Santo Hipólito, Três Marias e Virgem da Lapa

Sindicato dos Contabilistas de Araçai, Sindicato dos Contabilistas de Baldim, Conceição de Mato Dentro, Sindicato dos Contabilistas de Cachoeira da Prata, Sindicato dos Contabilistas de Congonhas do Norte, Sindicato dos Contabilistas de Cordisburgo, Sindicato dos Contabilistas de Corinto, Sindicato dos Contabilistas de Capim Branco, Sindicato dos Contabilistas de Caetanópolis, Sindicato dos Contabilistas de Diamantina, Sindicato dos Contabilistas de Datas, Sindicato dos Contabilistas de Funilandia, Sindicato dos Contabilistas de Fortuna de Minas, Sindicato dos Contabilistas de Felixlândia, Sindicato dos Contabilistas de Gouveia, Sindicato dos Contabilistas de Inimutaba, Sindicato dos Contabilistas de Inhaúma, Sindicato dos Contabilistas de Joaquim Felício, Sindicato dos Contabilistas de Jequitibá, Sindicato dos Contabilistas de Morro da Garça, Sindicato dos Contabilistas de Matozinhos, Sindicato dos Contabilistas de Monjolos, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Juscelino, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Kubitsckek, Sindicato dos Contabilistas de Pompeu, Sindicato dos Contabilistas de Paraopeba, Sindicato dos Contabilistas de Prudente de Morais, Sindicato dos Contabilistas de Sete Lagoas, Sindicato dos Contabilistas de Santana de Pirapama, Sindicato dos Contabilistas de Santana do Riacho, Sindicato dos Contabilistas de Santo Hipólito, Sindicato dos Contabilistas de Três Marias e Sindicato dos Contabilistas de Virgem da Lapa.

SINCONSETE/MG

SINDICATO DOS CONTABILISTAS, CONTADORES, TÉC. EM CONTABILIDADE E DE EMPREGADOS EM ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE, AUDITORIAS E PERÍCIAS CONTÁBEIS DE SETE LAGOAS E REGIÃO – SINCONSETE/MG, CNPJ nº 21.012.943/0001-04. CODIGO SINDICAL: 921.012.188.01315-7




SEDE SOCIAL / SALÃO DE EVENTOS

Rua Espinosa, 385 Padre Teodoro - MG CEP 35.702-122







..

Desenvolvido por: Geraldo junio -