-

Parceiros e convênios Sinconsete
SINCONSETE
SINCONSETE
SINCONSETE

 


Ministro do Supremo suspende trechos da LRF e da LDO durante pandemia de coronavírus

31/03/2020



   

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes concedeu no domingo (29) liminar a pedido do Poder Executivo que na prática suspende, durante a vigência do estado de calamidade pública em decorrência do novo coronavírus, a aplicação de trechos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor.

Assim, será desnecessária a demonstração de adequação e compensação orçamentárias em relação à criação ou expansão de ações públicas destinadas ao enfrentamento do Covid-19.

Reconhecido pelo Congresso Nacional, o estado de calamidade pública já dispensa o cumprimento da meta fiscal neste ano.

O ministro Alexandre de Moraes ressaltou que a decisão é válida apenas para as iniciativas que envolvam o combate à pandemia. Mas determinou que seja aplicada a todos os entes federados que, nos termos constitucionais e legais, tenham igualmente decretado calamidade pública. O plenário do STF também deverá se manifestar no processo, em data a definir.

Gravidade

A pandemia de Covid-19 representa condição absolutamente imprevisível e de consequências gravíssimas, que, afetará, drasticamente, a execução orçamentária anteriormente planejada, exigindo atuação urgente, duradoura e coordenada de todas as autoridades federais, estaduais e municipais”, afirmou o ministro  do STF.

O presidente Jair Bolsonaro e o advogado-geral da União, André Mendonça, argumentaram na petição que exigências da LRF e da LDO colocariam em risco a proteção à vida. O desafio que a situação coloca à sociedade e às autoridades é da mais elevada gravidade e não pode ser minimizado, concordou Moraes.

Ineditismo

Nos termos atuais, o estado de calamidade pública é inédito em nível federal. A LRF prevê essa situação, durante a qual fica dispensado o cumprimento da meta fiscal e o contingenciamento (bloqueio) de despesas caso não existam receitas suficientes. Algumas sanções também são afastadas.

Apesar disso, a equipe econômica se queixa da dificuldade de viabilizar, dentro das regras orçamentárias, as ações consideradas emergenciais. Líderes partidários discutem uma proposta de emenda à Constituição com objetivo de suspender temporariamente a chamada “regra de ouro”, que proíbe o uso indiscriminado de operações de crédito (emissão de títulos públicos).


Clique na imagem para ampliar.

     


Fonte: CRCMG



Menu cadastros



Relacionadas   com   a   data:


31/03/2020 PORTARIA DENTRAN N° 781 / 2020 - Homologa por cinco anos a plataforma tecnológica e os

31/03/2020 PORTARIA INSS N° 231, DE 23 DE MARÇO DE 2020 - INSS - LIMITA PRAZO DE QUALIDADE DE SEGURADO PARA CONCESSÃO DE AUXÍLIO-ACIDENTE

31/03/2020 RESOLUÇÃO BACEN N° 4.790 / 2020 - CONTA-SALÁRIO - NOVOS PROCEDIMENTOS PARA DÉBITOS EM CONTA

31/03/2020 RESOLUÇÃO CFBM N° 319 / 2020 - CFBM - RECONHECE BIOMÉDICO HABILITADO COMO PROFISSIONAL LIBERAL SEM CNPJ

31/03/2020 RESOLUÇÃO CFP N° 004 / 2020 - CORONAVÍRUS - CONSELHO DE PSICOLOGIA REGULAMENTA CONSULTA ONLINE

31/03/2020 CRCMG - Atendimento telefônico

31/03/2020 Ministro do Supremo suspende trechos da LRF e da LDO durante pandemia de coronavírus

31/03/2020 Receita Federal retira crítica do validador do PGD IRPF que exigia número do recibo da declaração anterior

31/03/2020 Atendimento ChatRFB é ampliado

31/03/2020 Coronavírus: governo vai liberar seguro-desemprego a trabalhadores formais

31/03/2020 TRF-2 afasta incidência de tributos sobre indenização de rompimento de contrato comercial

31/03/2020 Coronavírus: Saiba como suspender recolhimento de FGTS de trabalhador por 3 meses

31/03/2020 Coronavírus: Governo permite que empresas adiem assembleias de acionistas e divulgação de balanços

31/03/2020

31/03/2020 Coronavírus: Zema diz que estudo já mapeou setores que podem deixar isolamento

31/03/2020 PORTARIA SUTRI N° 931 / 2020 - MG - Altera a Portaria SUTRI nº 832/2019, ue divulga preços médios ponderados a consumidor final (PMPF) para cálculo do ICMS devido por substituição tributária nas operações com cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador que especifica.

31/03/2020 PORTARIA SUTRI N° 932 / 2020 - MG - Altera a Portaria SUTRI nº 905/2019, que relaciona estabelecimentos enquadrados na categoria de distribuidor exclusivo de medicamentos de uso humano, para efeitos de definição da base de cálculo do ICMS devido a título de substituição tributária.

31/03/2020 PORTARIA SUTRI N° 933 / 2020 - MG - Altera a Portaria SUTRI nº 878/2019, que divulga preços médios ponderados a consumidor final (PMPF) para cálculo do ICMS devido por substituição tributária nas operações com rações secas tipo pet para cães e gatos.

31/03/2020 MEDIDA PROVISÓRIA N° 931 / 2020 - EDIÇÃO EXTRA - ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA - PRORROGAÇÃO

31/03/2020 PORTARIA RFB N° 519 / 2020 - VEDAÇÃO DO ACESSO PARA TERCEIROS DE DADOS E INFORMAÇÕES DO SERPRO

31/03/2020 ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC N° 013 / 2020 - Dispõe sobre o preenchimento da GFIP referente a trabalhadores com apenas um vínculo empregatício que prestam serviço em mais de um tomador e que devem ser informados em um mesmo movimento do SEFIP.

31/03/2020 PORTARIA INSS N° 240 / 2020 - INSS - NOVOS PROCEDIMENTOS PARA RETIFICAÇÃO DE CÁLCULO DE INDENIZAÇÕES

31/03/2020 Aras pede que STF derrube decretos estaduais que restringem circulação

31/03/2020 Hospitais deverão registrar envio eletrônico de documentos

31/03/2020 IRPF 2020: Como Declarar Caução de Aluguel

31/03/2020 Meu INSS: Como acessar informe de rendimentos do INSS para o IR

31/03/2020 DECRETO Nº 6.240 DE 31 DE MARÇO DE 2020. - Art. 1º Ficam prorrogados pelo prazo de 15 (quinze) dias, a partir da publicação deste Decreto...

31/03/2020 Mesmo com o anúncio de medidas, Governo mantém prazos fiscais e penaliza empresas

31/03/2020 Por coronavírus, juízes de SP concedem decisões postergando tributos federais

31/03/2020 Para reduzir efeitos do coronavírus, governo autoriza fintechs a emitir cartão de crédito



     




[« Voltar]   [Pagina inicial]
-  -

BAse refetente as cidades:

Araçai, Baldim, Conceição de Mato Dentro, Cachoeira da Prata, Congonhas do Norte, Cordisburgo, Corinto, Capim Branco, Caetanópolis, Diamantina, Datas, Funilandia, Fortuna de Minas, Felixlândia, Gouveia, Inimutaba, Inhaúma, Joaquim Felício, Jequitibá, Morro da Garça, Matozinhos, Monjolos, Presidente Juscelino, Presidente Kubitsckek, Pompeu, Paraopeba, Prudente de Morais, Sete Lagoas, Santana de Pirapama, Santana do Riacho, Santo Hipólito, Três Marias e Virgem da Lapa

Sindicato dos Contabilistas de Araçai, Sindicato dos Contabilistas de Baldim, Conceição de Mato Dentro, Sindicato dos Contabilistas de Cachoeira da Prata, Sindicato dos Contabilistas de Congonhas do Norte, Sindicato dos Contabilistas de Cordisburgo, Sindicato dos Contabilistas de Corinto, Sindicato dos Contabilistas de Capim Branco, Sindicato dos Contabilistas de Caetanópolis, Sindicato dos Contabilistas de Diamantina, Sindicato dos Contabilistas de Datas, Sindicato dos Contabilistas de Funilandia, Sindicato dos Contabilistas de Fortuna de Minas, Sindicato dos Contabilistas de Felixlândia, Sindicato dos Contabilistas de Gouveia, Sindicato dos Contabilistas de Inimutaba, Sindicato dos Contabilistas de Inhaúma, Sindicato dos Contabilistas de Joaquim Felício, Sindicato dos Contabilistas de Jequitibá, Sindicato dos Contabilistas de Morro da Garça, Sindicato dos Contabilistas de Matozinhos, Sindicato dos Contabilistas de Monjolos, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Juscelino, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Kubitsckek, Sindicato dos Contabilistas de Pompeu, Sindicato dos Contabilistas de Paraopeba, Sindicato dos Contabilistas de Prudente de Morais, Sindicato dos Contabilistas de Sete Lagoas, Sindicato dos Contabilistas de Santana de Pirapama, Sindicato dos Contabilistas de Santana do Riacho, Sindicato dos Contabilistas de Santo Hipólito, Sindicato dos Contabilistas de Três Marias e Sindicato dos Contabilistas de Virgem da Lapa.

SINCONSETE/MG

SINDICATO DOS CONTABILISTAS, CONTADORES, TÉC. EM CONTABILIDADE E DE EMPREGADOS EM ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE, AUDITORIAS E PERÍCIAS CONTÁBEIS DE SETE LAGOAS E REGIÃO – SINCONSETE/MG, CNPJ nº 21.012.943/0001-04. CODIGO SINDICAL: 921.012.188.01315-7




SEDE SOCIAL / SALÃO DE EVENTOS

Rua Espinosa, 385 Padre Teodoro - MG CEP 35.702-122







..

Desenvolvido por: Geraldo junio -