•  Valid - Certificado Digital - 10% desconto <a href='#link'> </a>
  • UNA - Sete Lagoas <a href='#link'> </a>
  • Seja você também um parceiro Sinconsete



Canais digitais e o impacto no emprego

11/07/2017



   


Um estudo técnico realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) sobre "A inovação tecnológica recente no setor financeiro e os impactos nos trabalhadores" dá uma dimensão real de como o as transações virtuais dos canais digitais estão modificando não somente a relação com os clientes, mas principalmente em relação à categoria bancária.

O emprego da categoria tem sido afetado pela tecnologia da internet e mobile banking (operações bancárias realizadas em aparelhos celulares, principalmente smartphones para pagamentos ou contratação de produtos financeiros, como crédito). Dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) mostram que, em 2011, 38% das transações bancárias eram realizadas nos canais digitais, percentual que saltou para 57% em 2016.

Na contramão desse crescimento, as transações realizadas nos canais tradicionais (agências, terminais de autoatendimento, contact centers e correspondentes bancários) caíram de 46% para 33% no mesmo período.

E a perspectiva, não é nada animadora para os bancários. A continuar essa curva ascendente de uso dos canais digitais, o emprego da categoria será ainda mais ameaçado.

Entre os anos 1990 e 2001, o setor bancário brasileiro experimentou redução de 46% nos números de postos de trabalho. Situação que foi atenuada até 2012, com o aumento de 30% no saldo de emprego bancário. Porém, no ano seguinte, 4.329 postos foram fechados, acentuando-se a partir daí uma tendência que em 2016 chegou à eliminação de 47.233 vagas.

E num nível de maior detalhamento, os dados coletados pelo Dieese revelam que do ponto de vista da participação das ocupações, os escriturários de banco foram os mais atingidos, com redução de 15.654 postos de trabalho, passando de 20.368 para apenas 4.708 trabalhadores, queda de 77% no período compreendido entre 2003 e 2015. Ou seja, a participação dessa ocupação nos bancos caiu de 8,9%, em 2003, para 1,8% do total de trabalhadores, em 2015.

Outra função esvaziada é a de caixa, como bem coloca o Dieese, com a perda da importância das formas tradicionais de atendimento e o aumento da participação dos canais digitais na realização das transações bancárias. Os profissionais dessa área tinham participação de 20,4%, em 2003, passando para 15,8% em 2015.

O Dieese também identifica que essas transformações tecnológicas em curso no setor bancário também têm afetado o próprio sindicalismo. Isso porque o fato de as transações estarem sendo realizadas em um ambiente externo, fora das agências, tende a fragmentar ainda mais as categorias profissionais, deixando os trabalhadores divididos em muitas categorias distintas (bancários, comerciários, processamento de dados etc.).

Por conseguinte, essa fragmentação, pulverização dos trabalhadores e de crise das entidades de representação coletiva tem levado o movimento sindical a novos desafios, a buscar se reinventar em relação a suas ações, greves e até mesmo nas negociações.

Como se percebe, a tecnologia, introduzida pelos bancos para facilitar a vida dos clientes, proporcionando aos mesmos que tenham um serviço bancário literalmente na palma da mão, acaba agravando ainda mais um grande problema social que afeta hoje quase 14 milhões de brasileiros, que é o desemprego.


Gostou do nosso site e quer ajudar a mantê-lo ?
Faça uma doação de qualquer valor.


 

Clique aqui para cadastrar

 

Geraldo Junio da Costa Silva

     


Clique na imagem para ampliar.


     


Fonte: O Estado do Maranhão



Convênios / Parceiros

SINCONSETE

É Gratis

-  -

Salão / Sede Social

SINCONSETE




BOA LEITURA

-

     




[Clique aqui Visualizar notícias.]
[« Voltar]   [Pagina inicial]

 


-



-  -

BAse refetente as cidades:

Araçai, Baldim, Conceição de Mato Dentro, Cachoeira da Prata, Congonhas do Norte, Cordisburgo, Corinto, Capim Branco, Caetanópolis, Diamantina, Datas, Funilandia, Fortuna de Minas, Felixlândia, Gouveia, Inimutaba, Inhaúma, Joaquim Felício, Jequitibá, Morro da Garça, Matozinhos, Monjolos, Presidente Juscelino, Presidente Kubitsckek, Pompeu, Paraopeba, Prudente de Morais, Sete Lagoas, Santana de Pirapama, Santana do Riacho, Santo Hipólito, Três Marias e Virgem da Lapa

Sindicato dos Contabilistas de Araçai, Sindicato dos Contabilistas de Baldim, Conceição de Mato Dentro, Sindicato dos Contabilistas de Cachoeira da Prata, Sindicato dos Contabilistas de Congonhas do Norte, Sindicato dos Contabilistas de Cordisburgo, Sindicato dos Contabilistas de Corinto, Sindicato dos Contabilistas de Capim Branco, Sindicato dos Contabilistas de Caetanópolis, Sindicato dos Contabilistas de Diamantina, Sindicato dos Contabilistas de Datas, Sindicato dos Contabilistas de Funilandia, Sindicato dos Contabilistas de Fortuna de Minas, Sindicato dos Contabilistas de Felixlândia, Sindicato dos Contabilistas de Gouveia, Sindicato dos Contabilistas de Inimutaba, Sindicato dos Contabilistas de Inhaúma, Sindicato dos Contabilistas de Joaquim Felício, Sindicato dos Contabilistas de Jequitibá, Sindicato dos Contabilistas de Morro da Garça, Sindicato dos Contabilistas de Matozinhos, Sindicato dos Contabilistas de Monjolos, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Juscelino, Sindicato dos Contabilistas de Presidente Kubitsckek, Sindicato dos Contabilistas de Pompeu, Sindicato dos Contabilistas de Paraopeba, Sindicato dos Contabilistas de Prudente de Morais, Sindicato dos Contabilistas de Sete Lagoas, Sindicato dos Contabilistas de Santana de Pirapama, Sindicato dos Contabilistas de Santana do Riacho, Sindicato dos Contabilistas de Santo Hipólito, Sindicato dos Contabilistas de Três Marias e Sindicato dos Contabilistas de Virgem da Lapa.

SINCONSETE/MG

SINDICATO DOS CONTABILISTAS, CONTADORES, TÉC. EM CONTABILIDADE E DE EMPREGADOS EM ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE, AUDITORIAS E PERÍCIAS CONTÁBEIS DE SETE LAGOAS E REGIÃO – SINCONSETE/MG, CNPJ nº 21.012.943/0001-04. CODIGO SINDICAL: 921.012.188.01315-7

ATENDIMENTO

Rua João Andrade, 453, São Geraldo, Sete Lagoas- MG CEP 37.700-178 / Horário 7:00 as 11:00 e 12:30 as 17:00 de Seg. a Sex.
E-mail sindicato_dos_contabilistas@yahoo.com.br / -
Telefone(s):(31) 3771-9873 Geraldo Ramos




SEDE SOCIAL / SALÃO DE EVENTOS

Rua Espinosa, 385 Padre Teodoro - MG CEP 35.702-122







..

Desenvolvido por: Geraldo junio - 8808-3206 - ops_gerald@yahoo.com.br